Aumentar fonte  Diminuir fonte 
fechar

Instituto Nanocell lança o II Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano. Participe, Biólogo!

O Instituto Nanocell lançou o II Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano. Para esta edição foram selecionadas seis novas áreas que contemplarão tanto professores quanto alunos (incluindo aqui os pós-doutorandos) e mais uma área para Empresas de Biotecnologia.

Para cada área, qualquer pessoa poderá indicar até três professores ou três alunos e até três empresas, NÃO sendo obrigatória a indicação de nomes para todas as áreas e nem o número de três nomes. A primeira etapa se dará entre 5 de fevereiro e 31 de março.

Para a indicação visite o site:

http://www.nanocell.org.br ou http://institutonanocell.org.br/#/awards/2 ou vote pelo Facebook.

Ao final do período de indicação o Instituto Nanocell selecionará, com base nos currículos de cada indicado, seis professores, seis alunos e seis empresas, que entrarão para a segunda etapa (de 01/04/2017 a 01/06/2017) na qual membros da sociedade civil e acadêmica votarão de forma totalmente livre.

Os três professores, alunos e empresas mais votados somados às notas de seus currículos seguirão para a terceira e última etapa (de 05/06/2017 a 25/07/2017), onde serão avaliados pelos pares de maneira totalmente meritocrática, sendo que um de cada categoria e de cada área receberá o prêmio de melhores Cientistas (professores e alunos) e Empreendedor (empresa) do Ano de 2017.

primeira edição do prêmio Instituto Nanocell contou com mais de 11 mil participações de membros da sociedade civil e 16 cientistas avaliadores, assim como membros de Sociedades Científicas nacionais e internacionais, da Academia Brasileira de Ciências e de Comitês de Áreas do CNPq e da CAPES.

Confira a seguir as áreas selecionadas para a edição de 2017:

Cientistas do Ano (Categorias: Professores e Alunos, incluindo pós-doutorandos)
1. Biotecnologia Agro&Industrial. Biotecnologia significa qualquer aplicação tecnológica que utilize sistemas biológicos, organismos vivos, ou seus derivados, para fabricar ou modificar produtos ou processos para utilização específica. Nesse caso consideraremos todas tecnologias, patentes, produtos e artigos de cientistas que desenvolveram a biotecnologia, usando a nanotecnologia ou não, para a agricultura e/ou para a indústria, seja animal, alimentícia, química, farmacêutica e suas ramificações, exceto àquela aplicada à saúde humana (área contemplada no edital de 2016).

2. Produtos Naturais: Novos fármacos e abordagens terapêuticas. Os produtos naturais são utilizados pela humanidade desde tempos imemoriais. A busca por alívio e cura de doenças pela ingestão de ervas e folhas talvez tenha sido uma das primeiras formas de utilização dos produtos naturais. Assim, determinamos que trabalhos nas áreas de isolamento à determinação estrutural de substâncias ativas, assim como a síntese de novos fármacos ou símiles de produtos naturais com a confirmação de seus efeitos terapêuticos, envolvendo ou não nanotecnologia, em animais ou humanos até o lançamento de produtos acabados, de isolados e ou sintetizados (não considerando o extrato bruto ou suas frações), no mercado para consumo humano ou animal.

3. Doenças Emergentes: Novas estratégias terapêuticas e alvos letais. Ao longo dos últimos anos, tem-se verificado que os mesmos determinantes que, acreditava-se, iriam reduzir as doenças infecciosas, também podem atuar na direção inversa, propiciando o surgimento e a disseminação de novas e velhas doenças infecto-parasitárias. Para o enfrentamento das doenças emergentes e reemergentes consideraremos para a premiação os cientistas brasileiros que tenham produções desde a identificação de um novo problema de saúde ou um novo agente infeccioso, perpassando pelo fortalecimento da vigilância epidemiológica, especialmente no que diz respeito à sua capacidade de detecção precoce, mecanismos imuno-bioquímicos ou biotecnológicos para o combate aos ou entendimento da biologia dos agentes infecciosos até sistemas de diagnóstico laboratorial (incluindo patologia clínica, microbiologia, parasitologia, virologia, imunologia, como também de entomologia, zoologia e ecologia) usando ou não a nanotecnologia em qualquer um dos processos.

4. Saúde Mental: Descobertas que facilitam a vida. A saúde mental (ou sanidade mental) é um termo usado para descrever um nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional ou a ausência de uma doença mental. Na perspectiva da premiação, trabalhos que envolvam desde a descrição de vias regulatórias do sistema nervoso até trabalhos que proponham ou avaliem a terapêutica medicamentosa ou alternativa em vistas da manutenção da saúde mental do indivíduo, usando ou não a nanotecnologia para as descobertas.

5. Biologia Sintética ou Engenharia Genética: Da básica ao cerco ao alvo. A biologia sintética que tenha sido estudada para aplicações em design artificial e engenharia de sistemas biológicos e organismos vivos com propósitos de realizar novas tarefas a fim de ser aplicado em indústria, na pesquisa biológica, entre outros, em outras palavras, visa o desenho, construção e caracterização de novos circuitos regulatórios através da utilização de partes biológicas e de modelos computacionais com o objetivo de redesenhar microrganismos para aplicações biotecnológicas, incluindo na produção de enzimas industriais, metabólitos secundários, proteínas recombinantes projetadas, biossensores, entre outros, fazendo-se uso ou não da nanotecnologia.

6. Química fina de materiais: Rotas sustentáveis e novos (nano)materiais. A química verde permite o desenvolvimento tecnológico com danos reduzidos ao meio ambiente. Três fatores muito importantes, mas não restrito a eles, a serem considerados são: ? Uso de fontes renováveis ou recicláveis. ? Aumento da eficiência de energia ou utilização de menos energia para produzir a mesma ou maior quantidade de produto. ? Evitar o uso de substâncias persistentes, bioacumulativas e tóxicas. Em todo ou em parte com uso ou não da nanotecnologia.

Empresas de Biotecnologia em geral:
1. Prêmio Empreendedor do Ano: Empresas de Biotecnologia em geral ou voltadas para a área de saúde que se destacaram com a promoção da saúde de forma gratuita ou no desenvolvimento de produtos voltados para o avanço tecno-científico brasileiro.

Biólogo, participe e indique já os seus Cientistas e Empreendedores do Ano pelo site:

http://www.nanocell.org.br ou 

http://institutonanocell.org.br/#/awards/2.

Informações: Instituto Nanocell


Postado sexta-feira, 3 de março de 2017 às 16:10:37 640 visualizações

   
Sede RJ:
Conselho Regional de Biologia 2ª Região - RJ/ES
Rua Alvaro Alvim, 21 - 12º Andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ - 20031-010
Tel.: (21) 2142-5700
Atendimento ao público: Seg á Sex das 09:00h às 17:00h
Regional ES:
Delegacia do Espírito Santo
Rua Fortunato Ramos, 30 - Edifício Cima Center - Salas 208 e 210
Santa Lúcia – Vitória/ES - 29056-020
Tel.: (27) 3222-2965 | delegacia_es@crbio02.gov.br
Atendimento ao público: Seg á Sex das 09:00h às 17:00h